29 de abril de 2012

verdadeiro


dou por mim à procura de respostas do porquê de não saber como estás, onde estás, se pensas em mim tanto como eu penso em ti quando estás na minha ausência. o facto de estar habituada ao conforto dos teus braços, ao sabor dos teus lábios, o quente do teu corpo, aos teus olhos brilhantes a olharem na minha direcção, enfim, á tua presença, me faça sentir mal quando não estás. a saudade, oh a saudade consegue encher o meu coração por completo mal feches a porta. enche o meu coração no espaço de tempo que demoro a atender o telemóvel. apodera-se de mim de tal forma que para a libertar, lentamente começam a escorrer lágrimas pelo meu rosto. choro sem motivo. choro por ti. por saber que me amas e acima de tudo, porque me fazeres feliz. choro por palavras roubadas, gestos. eu nem sei. já nem sei que raio estou aqui a escrever. mas só quero escrever. quero mostrar ao mundo como me fazes sentir, assim sem jeito. e, sabes, estou a sentir borboletas a escrever isto. não sou normal. estão a voar dentro de mim, e querem sair, mas fazem parte de mim, da nossa relação. e tudo o que realmente me faz feliz, é esta mistura de sentimentos, a qual não consigo descrever. esse sim é o verdadeiro amor.

7 comentários:

The Gift ♥ of Freedom disse...

tambem ja te sigo, no tumblr, e no blog, claro ;)

The Gift ♥ of Freedom disse...

de nada!! :D

patrícia disse...

adorei*

patrícia disse...

a sério mesmo, adoro tudo o que escreves!

' dianasilva disse...

Voltaste e trouxeste contigo um texto lindo *-*
Adoro princesa :)

ana mendes disse...

tu é que és princesa :)

' dianasilva disse...

Estava mesmo, já tinha saudades de ler os teus desabafos :)