18 de março de 2011

história (7) - melhores amigas.


Maria esperou pelo dia seguinte para falar com rita. Rita disse-lhe que tal pensamente era absurdo e que nem devia sequer falar com ele, e que, devia confiar nele ao ponto de saber que ele a amava. Ela ficou muito mais descansada, smepre que desabafafa com rita era como se os problemas se transformassem em pequenos obstáculos, pequenas barreiras fáceis de passar. Maria lembrou-se que era o aniversário de rita e que se tinha esquecido completamente, e que tinha deixado a sua prenda em casa. Então gritou por rita e disse para ela esperar. Ela correu até rita, dando-lhe um enorme abraço e gritando parabéns para que toda  agente soubesse que dia era aquele, o dia da rita.
- desculpa esqueci-me da tua prenda em minha casa, mais tarde depois das aulas vens lá comigo para te dar.
- Sabes que não era preciso amor, mas sendo assim depois vou lá contigo
- Não não, espera, até podias era dormir lá em casa, era tão perfeito!
- Sim isso era perfeito maria.
- Vou já ligar á minha mãe a perguntar, espero que dê!
Maria ligou e a sua mãe autorizou, tal como a mãe de rita. Elas saíram ás duas da escola, chegaram a casa e maria entregou de imediato a sua prenda, ela adorou!
- É linda maria, ando a "namora-la" á séculos! Mas foi tão cara, não era necessário gastares tanto dinheiro comigo tonta!
- Oh não tens de agradecer, eu é que tenho... Mesmo depois de me ter afastado de ti e ter ido para aquele grupinho continuas comigo, continuas-te sempre comigo e sempre a apoiar-me, um enorme obrigado por tudo melhor amiga. - caiu-lhe uma  lágrima do olho
- Não quero para aqui lamechices - disse limpando a lágrima do rosto de maria - sempre te disse que podias contar comigo para tudo, mesmo tudo,e assim foi e será sempre.
Elas deram um enorme abraço. Da parte da tarde, foram passear e passaram imensas figuras na rua, sme se importarem com o que as pessoas iriam pensar ou comentar do que viam, tiraram imensas fotos, foram ao shopping ás compras e lanchar e a relação delas tinha voltado ao normal. Chegaram a casa já era hora de jantar e o resto da noite foi passado a modificar as fotografias que tinham tirado, tiveram no pc, a ver um filme, a maria o tempo inteiro a falar com pedro, a comer chocolates, ouvir música, pintar as unhas, etc, coisas de mulheres! Tinha sido uma tarde e uma noite perfeita para ambas. Estavam agora mais unidas que nunca.

(continua.)
p.s. peço imenso desculpa de ontem não ter postado mais um bocado da história, mas não sabia bem o que escrever, e tive uns conflitos, por isso esperem que gostem do capítulo de hoje, beijinho e obrigada meus doces (L)

10 comentários:

Catarina disse...

gosteiiii*

Sara Pereira disse...

muito obrigada querida (:

joana m. disse...

gostei *.*

Catarina disse...

ora essa

Anniee. disse...

obrigada :$
- gostei da história meu anjo :D

João Almeida disse...

gosto muito do blog.
força *

vou seguir-te :')

João Almeida disse...

eu cliquei bem |:
até aparece agora para "Deixar de Seguir" :s

annef disse...

estou a seguir (:

annef disse...

adoro as tuas histórias, prendem-me completamente ao ecrã

joanaf disse...

amo completamente as tuas histórias o: sigo *