26 de janeiro de 2011

a paciência tem limites



estou farta do desprezo que me dás. com a distância que nos separa, mudas-te, e bem! podias-me dar mais valor a mim, ao que faço por nós e ás nossas conversas, mas parece que isso não acontece, um grande obrigado por tudo, foi bom enquanto durou, tudo mudou e parece que não queres fazer nada para mudar isso, parece que já nem te conheço. estou farta!

3 comentários:

tânia. disse...

gostei da foto!

tânia. disse...

pois, acho que estamos a passar o mesmo. x:

joanas. disse...

gostei bastante